5 Erros que cometes ao tomar banho… E nem imaginavas!

5 Erros que cometes ao tomar banho… E nem imaginavas!

Muita gente adora tomar banho, mas outros apenas o fazem por sentirem que é uma “obrigação”. Algumas pessoas são mais asseadas, e outras menos, mas todos nós, alguns mais que outros, tomamos banho. É algo muito básico que nem nos lembramos das consequências que pode vir a ter, caso não tenhamos alguns cuidados.

O site grandparents.com falou com vários especialistas e fez uma lista dos erros que cometemos ao tomar banho.

Aqui ficam alguns:

1) Abusar da água quente:

Sabe bem e achamos que estamos a fazer bem aos músculos ao tomar um duche com água muito quente. Mas a dermatologista Cynthia Bailey afirma que tomar banho com água a escaldar é mau por duas razões: “Remove muitos dos óleos naturais existentes no nosso corpo e ‘traz’ a circulação sanguínea para a nossa pele (…) com isso surgem as inflamações, que provocam comichão e irritações cutâneas”;

2) Horas e horas debaixo do chuveiro:

Vários especialistas afirmam que um duche não deve durar mais do que dez minutos. “Os banhos longos tiram a suavidade da pele”, explica a dermatologista Patricia Farris;

3) Ensaboar todo o corpo:

Parece disparatado, mas não é. O sabão é feito de forma a dissolver a sujidade e a oleosidade, para que estes sejam posteriormente ‘levados’ pela água. A pele dos braços e das pernas não costuma ser muito oleosa, por isso não é necessário ensaboá-los. Como descreve o site, é como “atirar água para uma pedra”. “Devemos apenas ensaboar as partes mais oleosas e que provocam um maior odor corporal, como a face, as axilas, as nádegas, as virilhas e os pés”, diz Bailey;

4) Gastar dinheiro em produtos ‘naturais’:

Se está preocupado com a forma como o seu sabão é produzido, então deve realmente apostar nos produtos orgânicos. Mas se estiver só a pôr em causa os benefícios para a sua pele e organismo, os especialistas afirmam que não há qualquer necessidade de estar a gastar mais dinheiro em produtos naturais. “Até os produtos ‘naturais’ ou orgânicos ‘estragam’ a nossa bicapa lípida que se encontra à superfície da pele e destroem as suas barreiras protetoras”, afirma a dermatologista Rhonda Klein. “A palavra ‘natural’ só por si não significa muito. Os melhores produtos são muitas vezes de grandes companhias, como a Johnson & Johnson”, explica Farris. A única coisa que deve fazer é manter-se longe de sabões com cores e fragrâncias artificiais;

5) Lavar o cabelo diariamente:

Segundo vários tricologistas (especialistas em cabelo e escalpe), não se deve lavar o cabelo todos os dias. “As pessoas que têm o cabelo fino e delicado devem lavar a cabeça não mais do que duas vezes por semana”, diz Andrea L. Hayden, director da Associação Internacional de Tricologistas. Se, por outro lado, possui muito cabelo, experimente lavá-lo apenas uma vez de sete em sete dias, recomenda o especialista.

Fonte: SOL

Deixe o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.