Se mudares isto que muitas pessoas fazem, vais reduzir o risco de ataque cardíaco em 80%!

Se mudares isto que muitas pessoas fazem, vais reduzir o risco de ataque cardíaco em 80%!

As doenças do coração tiram a vida de milhares de pessoas no nosso país a cada ano, tornando-se a principal causa de morte para homens e mulheres.

Um ataque cardíaco ocorre quando o fluxo de sangue de uma parte do coração fica bloqueado.

Ele é frequentemente o resultado de acumulado de placas dentro das artérias (aterosclerose), que podem formar um coágulo sanguíneo que bloqueia o fluxo de sangue.

Se o bloqueio não é rapidamente eliminado, uma porção do seu músculo cardíaco começará a morrer e a ser substituído por tecido cicatricial, que pode causar problemas graves no futuro.

Provavelmente já deve estar ciente de que o seu estilo de vida desempenha um papel decisivo no risco de doenças cardíacas (incluindo ataques cardíacos), mas talvez ainda não tenha levado isso a sério.

Se precisar de alguma motivação, considere um novo estudo realizado no Instituto Karolinska, na Suécia, uma das maiores universidades médicas da Europa.

Constatou-se que a existência ao mesmo tempo de cinco hábitos de vida saudáveis pode prevenir cerca de 80% dos ataques cardíacos.

Até mesmo os pesquisadores ficaram surpresos com o facto de hábitos de vida saudáveis serem tão poderosos para diminuir a incidência de um ataque do coração.

Eles disseram: “Não é surpreendente que um estilo de vida saudável leve a uma redução de ataques cardíacos. O que é surpreendente é a forma como drasticamente o risco caiu devido a esses fatores.”

Esta não é a primeira vez que uma pesquisa constatou isso.

O estudo INTERHEART 2004 analisou os factores de risco para doenças de coração em mais de 50 países e descobriu que 90% dos casos de doenças do coração são completamente evitáveis: basta modificar a dieta e o estilo de vida.

Infelizmente, a maioria das pessoas são sabe tirar proveito dos hábitos de vida.

Por exemplo, o estudo do Instituto Karolinska abrangeu homens com idade entre 45 e 79 anos.

Apenas 1% deles tinha todos os cinco hábitos de “baixo risco” que poderiam impedir um ataque cardíaco.

 

Se mudares isto que muitas pessoas fazem, vais reduzir o risco de ataque cardíaco em 80%!

Quais são esses cinco hábitos de vida saudáveis?

  • 1. Ter uma dieta saudável
  • 2. Ser fisicamente ativo (caminhada/ ciclismo)
  • 3. Ter a circunferência da cintura pequena
  • 4. Ter um consumo muito moderado de álcool
  • 5. Não fumar

O primeiros dos itens, dieta saudável, talvez seja o mais difícil de ser posto em prática.

Ele nem mesmo é bem compreendido.

Hoje sabe-se que o grande vilão do coração não é a gordura saturada encontrada em manteiga, banha ou ovos.

Os maiores inimigos do coração são o açúcar, os carboidratos refinados, os alimentos processados (como a salsicha e o presunto) e óleos vegetais hidrogenados (esses que são vendidos nos supermercados em embalagens transparentes de plástico, como o de soja, de milho, girassol e canola).

Podemos resumir uma prática saudável para não ter doenças do coração da seguinte forma:

  • 1. Coma gorduras animais saturadas não industrializadas/processadas.

Ignore os meios de comunicação neste ponto (e em muitos outros!).

Vai beneficiar muito graças a essas gorduras.

Mas, claro, não é para exagerar no consumo.

Todos sabem que o segredo está na moderação.

  • 2. Evite todos os açúcares, incluindo a frutose e os cereais, especialmente se for resistente à insulina e à leptina.

Não importa se a fonte do açúcar for convencional ou orgânica.

Hoje sabe-se que uma dieta com elevado teor de açúcar promove a resistência à insulina e à leptina, que é um factor primário de doenças cardíacas.

  • 3. Exercite-se regularmente.

A atividade física é tão importante quanto uma dieta saudável.

Use uma combinação de treino de alta intensidade, treino de força e alongamento.

  • 5. Evite o excesso de inactividade.

Ficar sentado direto três horas por dia ou mais é bastante prejudicial.

Levante-se, movimente-se, ponha o sangue para circular.

  • 6. Otimize seus níveis de vitamina D, seja por meio da exposição adequada sol ou por suplementação oral de vitamina D3.

  • 7. Ande descalço regulamente para entrar em contacto com a terra.

Ao fazer isso, elétrons da superfície da terra são transferidos para seu corpo, e esse efeito de aterramento é um dos antioxidantes mais potentes que conhecemos e ajuda a aliviar a inflamação por todo o corpo

  • 8. Saiba administrar o seu stress diário.

Uma ótima forma de administrar o stress é a técnica de liberdade emocional, também conhecida como EFT.

Se mudares isto que muitas pessoas fazem, vais reduzir o risco de ataque cardíaco em 80%!
Avalie este Artigo

Comments

comments

Deixe o seu comentário