Cristina Ferreira arrasada no Passadeira Vermelha

Cristina Ferreira arrasada no Passadeira Vermelha

Luísa Castel-Branco, Joana Latino e Ana Marques criticam o lançamento da autobiografia de Cristina Ferreira.

Cristina Ferreira lançou esta semana um novo livro, uma autobiografia. “Sentir” promete ser um livro cheio de revelações que vai trazer para o público o caminho de sacrifício e trabalho que a tornaram uma das mais influentes e inspiradoras mulheres portuguesas. A apresentadora anuncia ainda que neste livro os leitores talvez encontrem o segredo do seu sucesso.

No programa Passadeira Vermelha, Luísa Castel-Branco, Joana Latino e Ana Marques analisaram o lançamento do livro e manifestaram a sua opinião sobre mais esta novidade de Cristina Ferreira. E as opiniões são muito diferentes. Ainda que sem alguma da exaltação que é habitual no programa, as três comentadoras estavam em posições opostas e não tiveram qualquer pudor em criticar a “presunção” de Cristina.

Luísa entende que, ainda que aos 39 anos possa ser cedo para lançar uma autobiografia, Cristina Ferreira pode fazê-lo porque já tem vida suficiente para encher estas páginas. Já Joana Latino não podia discordar mais, uma vez que entende que uma biografia deve ser escrita no “crepúsculo e não ao meio-dia, quando o sol ainda está alto”, ou seja, é cedo de mais e considera uma “presunção” da apresentadora. Ana Marques, por outro lado, também acha que é cedo e entende que Cristina deixa muito pouco por revelar, ficando sem perceber o que a rainha das manhãs terá para fazer a seguir.

Assista à discussão, na íntegra, neste vídeo:

Cristina Ferreira arrasada no Passadeira Vermelha

Cristina Ferreira arrasada no Passadeira Vermelha
Avalie este Artigo

Comments

comments

Deixe o seu comentário