Aniversário salva jogador do Sporting de desastre aéreo

Aniversário salva jogador do Sporting de desastre aéreo

Acidente de avião dizimou a equipa brasileira da Chapecoense, onde joga, a título de empréstimo, o sportinguista Boeck. Por sorte, este não embarcou.

Marcelo Boeck tem de estar agradecido ao destino. Este guarda-redes do Sporting, emprestado à equipa brasileira Chapecoense – de Chapecó, estado de Santa Catarina – salvou-se por um triz de um grave acidente de avião.

A equipa do Chapecoense embarcou ontem com destino à Colômbia, para disputar com o Atlético Nacional a 1ª mão da final da Taça Sul-Americana, jogo que deveria realizar-se amanhã. Depois de uma paragem técnica na Bolívia, a aeronave que seguia com 81 passageiros a bordo despenhou-se já em solo colombiano.

Marcelo Boeck, no entanto, não seguia com os colegas, pois tinha pedido dispensa: ontem era o dia do seu aniversário e pediu para festejar com a família.

Ainda não se sabem as causas do acidente, do qual se salvaram, como por milagre, cinco pessoas, entre elas Danilo, Follmann e Alan Ruschel, colegas de Boeck. O Sporting já emitiu um comunicado de solidariedade para com o clube brasileiro e o seu jogador Boeck. A Conmbol – confederação que reúne as federações sul-americanas de futebol, suspendeu para já a competição, lamentando o triste sucedido.

 

Avalie este Artigo

Comments

comments

Deixe o seu comentário