Alentejano forreta

Alentejano forreta

Um alentejano muito forreta telefonou ao filho que tinha emigrado para Nova Iorque e disse-lhe:
– Desculpa lá estragar o dia, mas tenho de te informar que a tua mãe e eu vamos divorciar-nos. Quarenta e cinco anos de sofrimento chegam e sobram!

Diz do outro lado o filho:
– Papá, como é que pode dizer isso?! E logo antes das festas em que podíamos estar todos juntos!

– Já não nos podemos ver – respondeu o pai. – Estamos cansados um do outro e eu estou farto desta história, por isso vais fazer-me um favor de seres tu a telefonar à tua irmã em Chicago e contas-lhe tudo…

E desligou imediatamente, para não gastar mais dinheiro. Desesperado, o filho telefona à irmã, que ficou totalmente fora de si:
– O quê?! Vão-se divorciar? Na idade deles? Eu vou já tratar disso!

Logo a seguir, a filha telefona ao pai e diz:
– O pai e a mãe não se vão divorciar! Aliás, não façam nada até que eu e o mano cheguemos aí. Ouviu?

O pai desligou, virou-se para a mulher e disse:
– Muito bem, Maria, está tudo perfeito! Os dois vão passar as festas connosco e vão ser eles próprios a pagar os bilhetes de avião…

Avalie este Artigo

Comments

comments

Deixe o seu comentário